Logo Cidade Internet

Todos os artigos com a tag indústria dos jogos

Remedy garante que será mais rápida no próximo jogo

Publicado por Alexandre

A produtora de Alan Wake, a Remedy Entertainment, afirmou que está trabalhando duro em novos projetos, um jogo que não estará relacionado ao universo de Alan Wake, mas que não se trata de uma parte do jogo nem nada do tipo. Mas quanto tempo demorará para o jogo ficar pronto, já que Alan Wake demorou vários anos?

Segundo Matias Myllyrinne para a revista Edge, durante esse novo projeto o estúdio não irá cometer os erros que cometeram com Alan Wake, especialmente no que diz respeito ao desenvolvimento do mesmo. Segundo o executivo, agora eles sabem como chegar mais rápido do ponto A ao ponto D sem passar necessariamente pelo ponto B e C.

Dessa forma, o desenvolvimento do jogo será mais rápido da próxima vez. Admitiram também que erraram algumas vezes, mas o importante é não cometer os mesmos erros, pois não estão arriscando em nada. Finaliza dizendo que certamente ficará chateado se cometerem os mesmos erros de antes.

Continuar lendo

Valve afirma que Portal 2 é o melhor single player já feito por eles

Publicado por Alexandre


Normalmente os jogos já lançados pela Valve mostram ter grande qualidade na jogabilidade, história e outras coisas, e a produtora ganhou grande destaque na indústria por causa disso. E segundo Chet Faliszek, da Valve, Portal 2 é definitivamente, o melhor jogo com campanha single player que a empresa já produziu, destronando até mesmo Half-Life.

Em entrevista em um evento de imprensa, Faliszek disse que em termos de experiência single-player, Portal 2 é absolutamente o melhor jogo da Valve. E nem mesmo Half-Life 2, que sempre esteve no topo dos melhores jogos de PC, chegou a ser mencionado dessa forma por eles.

Para dar um exemplo do que querem dizer, eles citam Left 4 Dead, que foi considerado o melhor jogo da empresa em termos de co-op. E comparando com Portal 2, Faliszek diz que sua experiência co-op se iguala à Left 4 Dead, ou seja, um jogo que está em seu coração.

Continuar lendo

Stardock: Steam atrapalha o desenvolvimento de Half-Life

Publicado por Alexandre

Quem faz uma afirmação como a que está no título do post é a Stardock, que administrava o serviço de distribuição digital Impulse, um concorrente direto do Steam e que agora pertence à rede de lojas GameStop. Segundo a opinião do dono da Stardock, Brad Wardell, em entrevista ao site Industry Games, a existência do Steam é a principal razão pelo atraso de Half-Life 2 Episode 3.

“Mesmo a Valve estando em Seattle, um lugar onde tem desenvolvedores em cada canto, o Steam tem um efeito em sua agenda de desenvolvimento. Não existe um novo Half-Life há um longo tempo, e muitas pessoas reclamaram sobre isso.

Eles tem seus próprios desafios para lançar novos títulos, e grande parte deles eu tenho certeza que tiveram o mesmo problema que nós temos. Quando um dos seus grupos é ridicularmente lucrativo, cada gota de instinto de negócio que você tem irá colocar as melhores pessoas nele, pois é o que está fazendo mais dinheiro. Assim que são os negócios.”

Continuar lendo

1º de Abril: Veja o que circula na Indústria dos Games - Parte 1

Publicado por Alexandre

Feliz 1º de abril para todos! Inicialmente a idéia era fazer apenas um post sobre isso, mas como acabou aparecendo várias notícias interessantes, achei melhor fazer um apanhado do que mais chamou a atenção na internet e fazer um post especial, que por enquanto tem duas partes. Bom, vamos começar:

Diablo III - Horadric Cube: Transmute apps que você não use mais em seu iPhone e crie novos apps para você. Saiba mais clicando aqui.

World of Warcraft - Tumba da Escuridão Imortal: Um novo dungeon que será jogado em um escuro eterno, um verdadeiro desafio aos jogadores. Conheça clicando aqui.

World of Warcraft - Crabby, o ajudante de Dungeons: Lembra do clipezinho que aparecia nos antigos Offices da vida? Esse simpático carangueijo irá te ajudar em situações difíceis durante o jogo. Saiba como usá-lo clicando aqui.

Continuar lendo

Analista diz: Homefront vai vender bem

Publicado por Alexandre


Depois do lançamento de Homefront que aconteceu ontem (15) nos EUA e dia 11 na Europa, já começam a surgir previsões para as vendas futuras do jogo. Claro que ainda é cedo para saber se o jogo será um sucesso tremendo apenas por se tratar de um FPS de guerra moderna, algo que está na moda ultimamente.

O analista financeiro Doug Creutz da Cowen & Company acredita que o novo título da THQ vá superar as 2 milhões de unidades vendidas, meta essa estipulada pela distribuidora para que fosse viável a produção de uma sequência do jogo.

O jogo recebeu nota média de 72 pontos no Metacritic, o que resultou em uma queda de 21% no seu preço logo nas primeiras 24 horas. Creutz diz que como já existem mais de 20 reviews do jogo no site do Metacritic, já é claro que Homefront não atendeu todas as expectativas em termos de qualidade.

Continuar lendo

Empregos na área de games na Austrália caiu 50% desde 2008

Publicado por Alexandre


Quem acompanha as notícias do mundo dos games em geral, sabe que a Austrália tem umas políticas meio rigorosas quanto a liberação de certos jogos, e por isso ganhou notoriedade na mídia especializada. Mas tal comportamento também tem o seu impacto negativo no emprego do país, como mostra um estudo realizado pelo governo em um projeto de integração de habilidades.

No país existem 126 estúdios de jogos, mas a situação não é boa. Desde 2008, foram perdidos mais de 1.000 empregos na área, o que representou uma queda de 50% no setor. No estado de Victoria, está concentrada a maior parte dos estúdios de jogos, com 410 empregados trabalhando em 44 estúdios diferentes.

Em segundo lugar está Brisbane, com 262 empregados em tempo integral, trabalhando em 22 estúdios, e em terceiro lugar, a capital Sydney, com 144 profissionais de jogos em 17 estúdios diferentes. A queda do emprego no setor, segundo Justin Brow, realizador da pesquisa, foi devido à falta de franquias competitivas, e também por conta da baixa da moeda nacional, e principalmente, da falta de oportunidade de estúdios grandes.

Via | Joystiq

Bushnell se arrepende por ter vendido a Atari

Publicado por João José

Nolan Bushnell é uma lenda na indústria dos jogos. Ele era um dos fundadores da Atari, no período considerado como o nascimento dos jogos eletrônicos. Depois de 4 anos, em 1976, quando os jogos estavam passando por uma certa crise de criatividade, ele, junto com Ted Dabney, o outro fundador, vendeu a companhia para a Warner.

Hoje, Nolan Bushnell novamente faz parte da diretoria da Atari, e falando em um evento de negócios nessa semana, ele disse que foi muito estúpido por ter vendido a companhia. Ele diz que só vendeu porque, na época, ele não entendia o mercado de ações, e olhando para trás, ele realmente deseja que jamais tivesse vendido.

Neste evento, Bushnell se disse muito empolgado com a indústria, e prevê ainda mais intervenções de realidade aumentada nos jogos, além de implantes biônicos e etc. Aguardemos, e vamos torcer para que o carismático diretor consiga se perdoar pelos erros do passado.

Via | VG247

Os video games melhoram o humor das pessoas

Publicado por João José


É claro que essa é uma notícia que todo mundo que acompanha o blog já sabe. Porém, em meio a tantas acusações para cima desse nosso entretenimento favorito, sempre mal visto pela sociedade, e inclusive sendo tratado como noscivo por uma pessoa que já fez filmes em que ele matava mais de mil (saiba mais), é bom ver um estudo cujo resultado favorece os pobres jogos eletrônicos.

Um psicólogo da Universidade do Texas, chamado de Christopher J. Ferguson, realizou um estudo onde percebeu que as pessoas que jogam video games conseguem controlar melhor o seu nível de stress, os deixando menos deprimidos e hostis após alguma tarefa árdua.

No estudo, 103 jovens tiveram que fazer uma tarefa frustrante e, depois disso, se dividiram em 4 grupos: um grupo não fez nada, outro jogou um jogo sem violência, outro jogou um jogo violento de tema “bem contra o mal”, e o último jogou um jogo violento, no papel de vilão. Os resultados mostraram que os jogos violentos deixaram as pessoas menos deprimidas e hostis. Toma essa, Schwarzenegger!

Via | MSN Jogos

Itagaki diz que a corrida tecnológica acabou

Publicado por João José

Certamente você já conhece Tomonobu Itagaki, criador das séries Ninja Gaiden e Dead or Alive. Desde sempre, ele foi um severo caçador por novas tecnologias e evoluções gráficas, além da busca por maior poder de processamento.

Contudo, em uma festa em comemoração a centésima edição da revista Famitsu Xbox 360, ele declarou que a era das perseguições tecnológicas acabou, já que os produtores alcançaram patamar tão alto. Ele completou dizendo que a saída agora é mirar no que faz os jogos divertidos e interessantes, e não apenas bonitos e realistas.

Declaração interessante. Particularmente falando, conheço várias pessoas que já dizem que, hoje em dia, não se importam a mínima com os gráficos, pois o padrão já é muito bom. E vocês, concordam?

Via | Joystiq

Richard Garriott ganha US$ 28 Milhões em processo contra NCSoft

Publicado por João José

Caso você não saiba, Richard Garriott foi o criador do aclamado RPG chamado Ultima. Seu último trabalho pela NCSoft foi o bem menos famoso Tabula Rasa, e ele saiu da companhia em 2008, um mês depois de voltar de um passeio espacial (sim, você leu certo: Ele foi passear no espaço). Porém, o desligamento não foi muito amigável.

Segundo Garriott declarou em seu processo legal, ele foi forçado a sair da NCSoft (também conhecido por “Demitido”). Porém, a companhia defendia que ele saiu por vontade própria, o que o obrigou a vender toda sas suas ações imediatamente, ou, se não vendesse, as perderia. Como as ações estavam em baixa, ele se sentiu extremamente lesado, e por isso entrou com o processo.

Segundo as informações colhidas, o júri levou 3 dias, e decidiu que a NCSoft deverá pagar “apenas” US$ 28 Milhões para Richard. É menos do que os US$ 48 Milhões que ele pediu, mas é o equivalente aos lucros que ele teria, se tivesse mais tempo para vender as ações ao invés de as vender imediatamente. Será que a NCSoft vai pagar, ou vai tentar reverter a situação ainda?

Via | Gamasutra