Logo Cidade Internet

Todos os artigos com a tag nintendo

Miyamoto faz nova declaração sobre seu papel na Nintendo

Publicado por Alexandre Beskow


Uma certa confusão foi criada a alguns dias em uma suposta declaraçao de Shigeru Miyamoto, a respeito de se afastar dos principais projetos da empresa como Zelda e Mario. Entretanto, isso causou uma rápida reação no mercado fazendo com que as ações da Nintendo caissem, e a empresa logo veio a público e negou a informação. Agora em uma nova declaração, Shigeru Miyamoto parece agir como se fosse apenas um engano, e afirma seu papel ativo da mesma maneira de sempre:

“Nada mudou no que diz respeito ao meu papel dentro desta companhia, e tudo aquilo relacionado ao meu envolvimento nos títulos continua exatamente igual. Esta é a maneira que as coisas se encontram atualmente, e se trata de um cenário que não deve ser alterado em um futuro próximo, apesar de qualquer outro tipo de comentário que possa estar circulando a internet nos últimos dias, a verdade é que tudo vai prosseguir da mesma forma a que todos estamos habituados.”

“Quando o momento for o certo e tudo estiver favorável, estaremos prontos para desenvolvolver um novo projeto. Eu realmente tenho um grande interesse pessoal em trabalhar em algo diferente e novo, mas apenas na hora correta. Eu quero que seja algo completamente novo e jamais antes visto, provavelmente algo que possa ser lançado para Smarth Phones e que impressione o público de todas as partes do mundo que ao mesmo tempo sirva para expandir nosso mercado.”

Via | Go Nintendo

Nintendo nega afastamento de Miyamoto

Publicado por Alexandre Beskow


Conforme matéria pública ontem, Shigeru Miyamoto teria declarado que esta de certa forma se afastando, ao menos de franquias grandes como Zelda e Mario. O criador afirmou que está abrindo espaço para outras mentes, e que pretendia em 2012 dedicar seu tempo a um projeto menor. Isso teve uma reação nada agradável, resultando em uma queda das ações da Nintendo como consequência direta do anúncio.

Entretanto, a Nintendo defende o ponto que se tratou de um engano, e que isso esta longe de se tornar verdade. Por outro lado, o autor da matéria original defende que não se trata de nenhum tipo de engano, pois até mesmo o interprete já esteve presente em entrevistas anteriores e é escolha pessoal de Miyamoto. De qualquer forma, eis a nova declaração dada por ele a outro site:

“Nós temos que construir uma estrutura forte na empresa como um todo, para que a organização tenha capacidade de funcionar de maneira eficiente mesmo sem a minha presença. Devo admitir que até mesmo de certa forma eles estariam melhor sem a minha presença, afinal de contas poderia surgir uma nova tática de abordagem e alguns talentos promissores. Apesar disso é sempre bom tomar cuidado pois minhas palavras podem ser interpretadas como algum afastamento, o que não é o caso.”

Via | WSJ Blog

Miyamoto: "Com a tecnologia atual, todos podem e deveriam criar bons jogos"

Publicado por Alexandre Beskow


Shigeru Miyamoto declarou estar ciente das mudanças que ocorreram ao longo dos anos no mercado de jogos. Sendo uma verdadeira lenda da Nintendo por títulos históricos como Super Mario, Miyamoto disse que devido as incríveis ferramentas a disposição das empresas, todos tem capacidade de desenvolver jogos de excelente qualidade. Confiram:

“No passado, desenvolver novos títulos se tratava única e exclusivamente de qual era o melhor estilo de jogo que poderia ser desenvolvido para uma plataforma em especifico. Isso ainda se aplica atualmente, mas pra um profissional na área de desenvolvimento de jogos, se faz importante conhecer as plataformas mais a fundo. Além disso, é importante compreender todos os elementos dos jogos, para que a jogabilidade e outros elementos estejam perfeitos. Se isso é bom, teremos automaticamente um bom jogo.”

“Entretanto, hoje em dia os jogos estão em um patamar muito mais elevado. Todos os detalhes são acertados com uso de técnologia avançada. Dessa forma, todos os criadores podem e deveriam criar bons jogos. Hoje em dia, é muito importante que cada elemento seja verdadeiramente único, e que a sua individualidade seja mostrada de forma transparente quando o produto final chegar ao mercado.”

Via | The Guardian

Nintendo responde sobre erro no 3DS

Publicado por Luigi Olivieri

Agora a tarde vocês leram no Fliperama que muitos jogadores estão com um mesmo problema no novo portátil da Nintendo, o Nintendo 3DS, a chamada “Tela Preta da Morte”(referência à 3RL do Xbox 360). Enquanto jogam os mais diversos games, uma tela preta aparece repentinamente pedindo para o jogador desligar o console de bolso pois ocorreu um erro. Agora a Big N tomou conhecimento do problema e soltou uma nota para a imprensa.

Apesar do problema não ter sido especificado, ela disse para quem os tiver não se desesperar e tentar baixar a última atualização de sistema, ou procurar a assistência técnica da empresa em seu país. Lembrando que apenas alguns mal afortunados estão tendo problemas, então vá aproveitar seu novo portátil se ele está totalmente funcional. Abaixo você lê a nota, com todas as indicações dadas pela Nintendo.

Se alguém está tendo algum problema com o console Nintendo 3DS, nós recomendamos que em primeiro lugar eles façam o download e instalem a mais nova atualização do sistema, agora disponível online. Se o problema ainda persistir nós recomendamos que eles contatem o Atendimento ao Consumidor da Nintendo em sua área para investigar melhor o problema.

Via | Destructoid

Peças do 3DS custam por volta de 100 dólares

Publicado por Luigi Olivieri


Você é uma daquelas pessoas que fica pensando quanto que uma empresa paga para montar seus produtos? Não só você não está sozinho como, se tinha esses pensamentos em relação ao Nintendo 3DS, eles estão prestes a acabar, segundo informe preliminar dado pelo vice presidente de inteligência técnica da UBM TechInsights, David Carey, para a versão inglesa do site Eurogamer.

A partir das primeiras contas que o site fez, todo o material que é usado para construir o 3DS pode ser comprado por míseros 100 dólares. Em comparação a seu antecessor, ele está 15 dólares mais caro, sendo que o DS custava 75 dólares. Agora pensamos que se fossem investidos mais 15 dólares no portátil já teríamos um em 3D, um analógico e sensor de giro e movimento há um bom tempo.

Agora você fica indignado com o console de bolso custando 100 dólares para produzir e 250 na loja. Lembre-se que esse é o preço apenas da montagem, não estamos incluindo o carregador, os cartões de realidade aumentada, os caras que prepararam todo o sistema dele, os que produziram os aplicativos que vem com o 3DS e também quem cuidou da parte de marketing dele, entre outras coisas. Agora até parece barato 250 dólares, não?

Via | Destructoid

Pica Pic: Site revive os mini-games do passado

Publicado por Alexandre


Um site na internet começou a publicar versões eletrônicas dos lendários “Game & Watch”, os mini-games que foramo responsáveis pela entrada da Nintendo na indústria dos games, para nunca mais saírem e iniciarem uma nova era na indústria. Os Game & Watch eram portáteis lançados na década de 80, com uma telinha de cristal líquido e um único jogo.

Os jogos abordavam mangás japoneses e seriados famosos de TV, além de trazer figuras conhecida como Donkey Kong. Também foram os primeiros aparelhos da Nintendo a usarem um direcional em forma de cruz, que no futuro seria utilizado nos joysticks de videogames domésticos.

Esses pequeninos são bem raros hoje em dia, mas ainda podem ser encontrados em algumas lojas por um preço bem camarada, em torno de R$ 20. São menores que um GameBoy, e possuem cores e formatos diferentes. Verdadeiras peças de coleção. Mas o melhor para os internautas vem a seguir, com o site Pica Pic e suas miniaturas virtuais. Vejam após o link.

Continuar lendo

Loja virtual do 3DS não acompanhará lançamento do portátil

Publicado por Luigi Olivieri


Estamos a menos de uma semana tanto do lançamento europeu quanto do norte americano do tão esperado Nintendo 3DS. Só de ler de novo tudo que o portátil apresenta, jogos em 3D, câmera que tira fotos em 3D e tudo mais de 3D que temos por ai, já faz a gente querer que o tempo passe mais rápido. Mas ele não vai vir para o ocidente com todas as features que pode apresentar, foi relatado nessa madrugada.

Más notícias saíram de Hideki Konno, o chefe do projeto do 3DS, em entrevista ao Gamasutra. O eShop, loja virtual do portátil que integra a DSi Ware, apresenta jogos dos portáteis antigos da Nintendo e outros serviços, não chegará até Maio. Conforme as palavras de Konno, eles não gostaram muito do que fizeram no DSi e no Wii, então vão segurar um pouco a loja virtual do 3DS para lançá-la completa.

Como não podemos fazer nada para mudar essa decisão, sábia, por sinal, já que esse sistema nos dois consoles informados é realmente fraco, ficamos só com as palavras de Hideki Konno: “As interações que tivemos antes - com o Wii e o DS - para ser honesto, nós não ficamos tão satisfetitos como queriamos”. Por fim, ele diz “Então nós realmente tomaremos a quantidade certa de tempo para ter certeza que isso está certo”.

Via | VG247

Pré-venda de 3DS bate recorde no Reino Unido

Publicado por Luigi Olivieri


Colocar suporte a tecnologia 3D em seu portátil foi uma das melhores tacadas que a Nintendo fez em todo seu tempo de mercado de games. No Japão, único país que recebeu o novo portátil da Nintendo por enquanto, o 3DS fez história, com pessoas em filas durante mais de 16 horas e um estoque de 400 mil portáteis por todo o país sendo esgotado em apenas um dia de lançamento.

Agora esse acontecimento está para se repetir no Reino Unido, que recebe o 3DS em 25 de Março. Segundo a Amazon britânica, a pré-venda do portátil conseguiu superar a de todos os outros consoles que já passaram pela loja virtual, incluindo os video games dessa geração e seu próprio antecessor, o DSi. Você pode estar pensando que deve ser pouca diferença, mas vai ficar embasbacado com ela.

Na nota enviada pela Amazon diz que o 3DS superou em 20% a pré-venda do PS3, 56% a do Nintendo Wii e em 255% a do DSi. Não, eu não repeti número, 255% mesmo. Até o diretor de games da parte britânica da loja se espantou, dizendo que isso é mais comum de acontecer com hardwares para se jogar em casa, dando o Nintendo Wii e o Kinect como exemplos.

Continuar lendo

Nintendo já vendeu 35 milhões de Wii nos EUA

Publicado por Luigi Olivieri

Nessa semana saiu os dados do grupo NPD sobre as vendas de hardware e software nos Estadados Unidos referente ao mês de Fevereiro de 2011. Quem dominou a lista de hardwares mais vendidos foi o Xbox 360, com 535 mil consoles vendidos, sendo que o bundle de 250GB mais o Kinect reinou sobre os outros bundles existentes para o console.

Entretanto o destaque foi para a Nintendo, que com os 454 mil Wiis vendidos neste mês alcançou o total de 35 milhões no território norte americano. Com seus quatro anos e meio de vida, o Wii foi o video game que alcançou essa meta mais rápido no país, ultrapassando até a velocidade que o famigerado Playstation 2 a alcançou.

Aproveitando a ocasião, a empresa revelou dados sobre as metas que alguns de seus games chegaram em Feveiro de 2011. Tanto Pokémon SoulSilver (nada foi falado sobre a HeartGold) quanto Donkey Kong Country Returns chegaram aos 2 milhões de cópias vendidas. New Super Mario Bros., tanto a versão de DS quanto a de Wii foram mais ao topo, chegando a 9 e 8 milhões, respectivamente.

Continuar lendo

Zelda Skyward Sword é o melhor exemplo de inovação da Big N

Publicado por Alexandre


O presidente da Nintendo of America, Reggie Fils-Aime, comentou a respeito do lançamento de Legend of Zelda: Skyward Sword, onde afirma que esse jogo é o melhor exemplo da inovação da Nintendo na indústria de jogos. O executivo diz o seguinte:

“Baseados em software, continuamos a ser diferentes e eu acho que o melhor exemplo de como continuamos a ser diferentes e inovadores será Legend of Zelda Skyward Sword. Porque agora vocês terão um jogo baseado em movimentos em uma marca tradicional, um produto chave.”

A Nintendo pareceu estar bem forte na indústria, até mesmo com o recente sucesso de Pokémon Black e White, que venderam mais de 1 milhão de cópias em 2 dias nos EUA. É o jeito diferente da Big N de atuar na indústria e se manter firme perante a concorrência.

Continuar lendo